Postagens

Mostrando postagens de Abril 13, 2010

Buracos Negros medianos

Imagem
Os buracos negros variam muito de tamanho, desde os relativamente pequenos, com massa muito superior à solar e originados de estrelas em colapso, até os supermassivos, como aquele que se encontra no centro da nossa Via Láctea, com massa equivalente a quase 4 milhões de sóis. Mas os buracos negros medianos - com centenas ou milhares de vezes a massa solar - provaram ser objetos de difícil compreensão. Um estudo publicado na Nature identifica um novo candidato a essa terceira - e aparentemente rara - categoria, localizado a cerca de 300 milhões de anos-luz, na ESO 243-49, uma galáxia em espiral. Se confirmado, o buraco negro mediano, bem como os outros objetos a ele semelhantes, poderá dar pistas a respeito de como os buracos negros supermassivos são formados, o que, por sua vez, possibilitará um maior entendimento sobre a constituição de galáxias parecidas com a nossa. O suposto buraco negro de massa intermediária parece situar-se fora do principal conglomerado estelar de sua galáxia, …

Buraco Negro: Sistema Binário em Abell

Imagem
O que está acontecendo no meio desta galáxia compacta? Supõe-se que lá, duas fontes brilhantes no centro desta imagem composta em raio X (azul)/ e rádio (rosa), sejam buracos negros co-orbitantes de massa muito grande, alimentado a fonte de rádio gigante 3C75. Cercados por gás emitido a milhões de graus e explosões de jatos de partículas relativísticas, os buracos negros super-massivos são separados por 25,000 anos-luz.
Nos centros de duas galáxias se fundindo no aglomerado de galáxias Abell 400 eles estão a uns 300 milhões de anos-luz. Astrônomos concluem que estes dois buracos negros super-massivos são mantidos juntos por gravidade num sistema binário, em parte porque a aparência consistente dos jatos deixados para trás é mais provável porcausa de seu movimento conjunto à medida que eles correm pelo gás quente do aglomerado, a 1200 kilômetros por segundo. Pensa-se que tais fusões cósmicas espetaculares são comuns no ambientes abarrotados dos aglomerados de galáxias no universo distant…

William Herschel

Imagem
William Herschel (Hanôver, 15 de Novembro de 1738 — Slough, 25 de Agosto de 1822) foi um astrônomo inglês nascido na alemanha. Filho de um músico da Guarda Hanoveriana - para a qual entrou aos catorze anos -, foi para a Inglaterra em 1757, onde começou a ganhar a vida como músico e organista. Por volta de 1766, começou a estudar seriamente astronomia e matemática. Em 1781, mais precisamente no dia 13 de Março, Herschel descobriu o planeta Urano (que inicialmente tomou por um cometa). Pouco depois, foi nomeado astrônomo da corte. Em 1787 descobriu dois satélites de Urano. A primeira das mais importantes descobertas de Herschel em astronomia foi o movimento intrínseco do Sol através do espaço, em 1783. Observou cuidadosamente o movimento de sete estrelas e demonstrou que estas convergiam para um ponto fixo (que interpretou como sendo o ápex solar). De 1782 a 1785, Herschel catalogou estrelas duplas e publicou extensos catálogos, no primeiro dos quais sugeriu que muitas delas poderiam es…

Telescópio espacial tira foto de galáxia toda torta

Imagem
M66 sofre com a ação gravitacional de "colegas" que ficam perto. Sua forma chama a atenção. O Telescópio Espacial Hubble fez a imagem de uma galáxia que tem uma estrutura bastante esquisita, toda torta: ela tem "braços" assimétricos e o seu centro é deslocado. Essa anatomia bastante incomum é causada pela força gravitacional de outras duas galáxias que ficam nas redondezas. Juntas, as três formam o chamado Trio do Leão. A galáxia "torta", M66, fica a 35 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Leão. Ela é maior do que as outras integrantes do trio, M65 e NGC 3628, com 100 mil anos-luz de diâmetro. Essa galáxia esquisita tem braços em formato de espiral que ao mesmo tempo são assimétricos, o que é praticamente exclusivo. Na maioria das vezes, densas nuvens de gás, poeira e estrelas recém-nascidas rodopiam em volta do centro da galáxia de um modo simétrico. Não é o caso da M66. Astrônomos dizem que isso acontece porque essa galáxia foi distorcida pel…

Teoria Planetária Virada do Avesso !!!

Imagem
A descoberta de nove novos exoplanetas em trânsito foi hoje anunciada no NAM2010. Quando estes novos resultados foram combinados com observações anteriores de exoplanetas em trânsito, os astrónomos surpreenderam-se com o facto de seis deles, numa amostragem de 27, orbitarem na direcção oposta à da rotação da estrela hospedeira – precisamente o contrário do que se passa no nosso Sistema Solar. Estas novas descobertas põem em causa, de maneira séria e inesperada, as actuais teorias de formação planetária. As novas observações sugerem igualmente que sistemas com exoplanetas do tipo Júpiter quente não deverão, muito provavelmente, conter planetas do tipo da Terra. “Esta é uma verdadeira bomba que estamos a lançar sobre o campo dos exoplanetas,” diz Amaury Triaud, estudante de doutoramento no Observatório de Genebra que, juntamente com Andrew Cameron e Didier Queloz, lidera a maior parte da campanha observacional. Pensa-se que os planetas se formam no disco de gás e poeira que circunda a est…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...