Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 7, 2011

Ilustração Mostra Aglomerado Estelar Arches da Via Láctea

Imagem
Nós podemos ver o aglomerado de estrelas Arches desde as profundezas do centro da nossa galáxia na ilustração acima. Esse gigantesco aglomerado de estrelas contém aproximadamente 2000 estrelas, e é a coleção de jovens estrelas mais densa na Via Láctea. Ele está localizado a aproximadamente 25000 anos-luz de distância da Terra e está escondido da nossa visão direta. A ilustração acima foi gerada com base nos dados infravermelhos de telescópios baseados em Terra e do Telescópio Espacial Hubble, que podem ver através da poeira que domina o coração da nossa galáxia. Algumas das estrelas azuis mais brilhantes têm uma massa de cerca de 130 vezes a massa do Sol e estão entre as estrelas mais massivas já descobertas pelo Telescópio Espacial Hubble. O objeto brilhante avermelhado que aparece na parte superior direita da imagem é o centro da Via Láctea que fica a uma distância aproximada de 100 anos-luz do aglomerado de estrelas Arches. Fonte:http://cienctec.com.br/wordpress/?p=22708

Estrela vampiro morde companheira com delicadeza

Imagem
A "mordedura" da estrela vampiro não é tão forte como se imaginava. Na verdade, ela nem parece sugar a matéria da outra diretamente.[Imagem: ESO/PIONIER/IPAG]
Telescópio virtual
Astrônomos obtiveram as melhores imagens já feitas de uma estrela que perdeu a maior parte da sua matéria devido a uma companheira vampira. Ao combinar a luz captada por quatro telescópios instalados no Observatório do Paranal do ESO, os astrônomos criaram um telescópio virtual de 130 metros de diâmetro, capaz de observar o céu com uma nitidez 50 vezes superior à Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA. "Podemos agora combinar a radiação captada pelos quatro telescópios VLT e criar imagens extremamente nítidas muito mais depressa do que antes," diz Nicolas Blind (IPAG, Grenoble, França), o autor principal do artigo científico que apresenta estes resultados. "As imagens são tão nítidas que podemos não apenas observar as estrelas orbitando em torno uma da outra, mas também medir o tamanho d…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...