Postagens

Mostrando postagens de Junho 21, 2012

Raios gama de Energia Ultra-Alta

Imagem
Megapartículas podem indicar matéria escura – e muito mais Há alguns anos, em uma palestra, o astrofísico Trever Weekes comparou as partículas elementares comuns a pernilongos: são muitas e fáceis de encontrar – na verdade, elas é que nos encontram. Mas raios gama de energia ultra-alta, segundo ele, são como elefantes: bastante raros, mas estão entre as maiores das criaturas. Eles geralmente vagam por habitats espetaculares, e seu próprio peso testa os limites das leis da natureza. Apesar de eles serem possivelmente a radiação eletromagnética mais poderosa conhecida pela ciência – fótons com energia por volta de um teraelétron-volt (TeV), a energia cinética de um pernilongo concentrada em um único quantum – uma vez usados todos os superlativos do dicionário, o que mais se pode dizer?

Na época em que assisti à palestra de Weekes, astrônomos haviam encontrado o grande total de 12 fontes celestiais de raios gama com TeVs, e eram sempre os mesmos suspeitos: buracos negros gigantes e seus p…

Estudo: cratera no polo sul da Lua pode conter depósitos de gelo

Imagem
Imagem feita pela sonda LRO mostra um mapa de reflexão gerado pela sonda. A cratera Shackleton é vista no centro, à direita.Créditos: Nasa/LRO. A cratera Shackleton, próxima ao polo sul da lua, poderia conter gelo, segundo uma equipe de pesquisadores americanos que ainda não conseguiu comprovar tal informação, informou nesta quarta-feira a revista Nature. Cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT), liderados pela geofísica María Zuber observaram as diferentes partes da cratera e elaboraram duas teorias que poderiam explicar o grande brilho que emitem, maior nas paredes do que no solo.  "Descobrimos que o interior da cratera é mais brilhante do que em qualquer outro ponto do polo sul da lua, e que suas paredes brilham mais ainda do que o solo", declarou María, autora do artigo. Duas teorias explicariam este brilho: o deslizamento de escombros lunares pelas paredes da cratera, que deixariam descoberto o novo material mais brilhante, e a presença de gelo no solo d…

Galáxia Anã UGC 5497

Imagem
Créditos da imagem: ESA/ NASA O Telescópio Espacial Hubble das Agências Espaciais NASA e ESA capturou essa imagem da galáxia anã UGC 5497, que se parece muito com um sal jogado sobre um veludo preto na imagem acima. O objeto é uma galáixa anã azul que apresenta aglomerados de estrelas recém formados. As estrelas brilhantes e azuis que nascem nesses aglomerados ajudam a dar à galáxia sua coloração geral azulada que dura alguns milhões de anos até que essas estrelas explodam como supernovas. A UGC 5497 é considerada como sendo parte do Grupo de Galáxias M81, que está localizado a aproximadamente 12 milhões de anos-luz de distância da Terra na direção da constelação de Ursa Major, o O Grande Urso. A galáxia anão UGC 5497 foi descoberta por telescópios na Terra em 2008 durante uma pesquisa por novas candidatas a galáxias anãs associadas com a Messier 81. Fonte:http://www.nasa.gov

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...