Postagens

Mostrando postagens de Novembro 16, 2012

O caçador de galáxias

Imagem
Duas novidades surpreendentes: o Universo está se expandindo e a Via Láctea é apenas uma entre bilhões de galáxias. Nenhum astrônomo teve tanta influência na construção da idéia moderna do Cosmo quanto o americano Edwin Hubble (1889-1953). Ele mostrou, em 1923, que o Universo é muito mais vasto do que se imaginava e que a Via Láctea, a galáxia onde se situam a Terra e o Sistema Solar, é apenas uma entre muitas outras. Hubble continuou apontando o telescópio para as galáxias e, em 1929, percebeu algo que o deixou intrigado. A luz das estrelas mais distantes da Terra, quando vista através de um prisma, mostrava-se mais vermelha do que seria de se esperar. Isso significava que os astros estavam se afastando de nós (se estivessem se aproximando, a cor predominante seria o azul). Medindo as suas distâncias, Hubble descobriu que, quanto mais longe uma galáxia se encontra da Terra, maior é a velocidade do seu afastamento. O Universo, portanto, não é estático, como se pensava até então, mas es…

Descoberta de gigante abertura em disco de estrela tipo-sol pode indicar múltiplos planetas

Imagem
O instrumento HiCIAO acoplado ao Telescópio Subaru capturou esta imagem infravermelha do disco protoplanetário em torno da estrelas PDS 70. Uma máscara de software bloqueou a luz na vizinhança imediata da estrela central. As cores na imagem indicam a luminosidade da radiação infravermelha; a área esbranquiçada tem uma radiação infravermelha mais forte do que as áreas azuladas. A área escura perto de PDS 70, fora da máscara, é a lacuna referida no texto.Crédito: NAOJ
Uma equipe internacional de astrónomos, liderada por Jun Hashimoto (Observatório Astronómico do Japão) e Ruobing Dong (Universidade de Princeton, EUA) usou o instrumento HiCIAO (High Contrast Instrument for the Subaru Next Generation Adaptive Optics) acoplado ao Telescópio Subaru para observar e examinar PDS 70 (PDS é uma abreviação "Pico dos Dias Survey", um nome de catálogo baseado no grande estudo dos anos 90 decorrido no Observatório Pico dos Dias no Brazil. Cerca de cem objectos foram catalogados. O 70º objec…

Uma breve história do Universo

Imagem
Em sua teoria da relatividade geral, Albert Einstein chegou à conclusão de que o universo deveria estar em expansão, mas as evidências observacionais da época não indicavam isso. Desta maneira, meio que a contragosto, Einstein introduziu uma constante nessas equações, chamada de constante cosmológica, para que o universo permanecesse estático. Na década seguinte, de 1920, começaram a aparecer as primeiras evidências observacionais de que o universo não seria estático. Observações de galáxias feitas por Edwin Hubble mostraram que todas elas estavam em movimento, todas se afastando umas das outras, como se estivessem sobre um balão sendo inflado.
Einstein revisou suas equações, retirou a tal constante e afirmou que ela teria sido a maior bobagem que ele já tinha feito. A partir de então, a interpretação dessas equações – bem complicadas, por sinal – nos levava a crer que o universo começou com uma singularidade, onde toda a matéria do universo estava concentrada e subitamente começou uma…

Nova Supernova Azul e Brilhante É Registrada na Galáxia NGC 1365

Imagem
Uma supernova bem brilhante apareceu na NGC 1365, a galáxia também é conhecida como a Grande Galáxia Espiral Barrada, e está agora visível para os observadores do hemisfério sul. A elegante galáxia localiza-se a aproximadamente 56 milhões de anos-luz de distância da Terra na constelação de Formax. A supernova, do tipo Ia, foi descoberta por Alain Klotz com o telescópio TAROT no Observatório de La Silla no Chile no dia 27 de Outubro de 2012. “A supernova é com certeza uma bela adição a já fotogênica galáxia”, disse Rolf Wahl Olsen que fez a bela imagem acima. “Eu me surpreendi como ela está azul, ela está realmente intensa”.
A supernova 2012fr é a brilhante e intensa estrela azul observada diretamente abaixo do centro da galáxia. Olsen disse que em 10 de Novembro de 2012 a supernova apareceu perto de seu pico com uma magnitude R de 11.90. Para se ter uma ideia de quão brilhante é esse evento, nós podemos calcular a magnitude absoluta M da supernova usando a seguinte fórmula onde m é a m…

Kepler completa missão principal, começa a missão prolomgada

Imagem
A NASA atingiu dois marcos na busca de planetas como a Terra - a conclusão bem-sucedida da missão principal de 3 anos e meio do Telescópio Espacial Kepler e o início de uma missão prolongada que pode durar até quatro anos. Impressão de artista do Telescópio Espacial Kepler.Crédito: NASA Os cientistas têm usado os dados do Kepler para identificar mais de 2300 candidatos a planeta e para confirmar mais de 100 planetas - ensinando-nos que a nossa Galáxia está repleta de sistemas planetários, que os planetas são prolíficos e fornecendo pistas de que a Natureza faz pequenos planetas de forma eficiente. Até agora, foram encontrados centenas de candidatos a planeta tipo-Terra, bem como candidatos que orbitam na zona habitável, a região de um sistema planetário onde a água líquida pode existir à superfície de um planeta. Nenhum dos candidatos é exactamente como a Terra. Com a conclusão da missão principal, o Kepler recolheu dados suficientes para começar a encontrar verdadeiros análogos Sol-Ter…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...