Postagens

Mostrando postagens de Junho 24, 2013

Como seria se os planetas do Sistema Solar estivessem no lugar da Lua?

Imagem
Você saberia dizer para onde a seta está apontando?
O artista e também astrônomo Ron Miller, ex-diretor de arte da NASA, é o responsável pelas imagens. Através de truques e efeitos especiais, é possível imaginar como seria Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno se estivessem mais próximos da Terra, mostrando suas dimensões reais. Os planetas foram posicionados com a mesma distância que a Terra tem da Lua. Sendo assim, o que vemos nas imagens é a visão que teríamos se esses planetas ocupassem o lugar do nosso satélite natural. Para que você possa comparar e entender a grandiosidade de alguns planetas, Júpiter é 11 vezes maior que a Terra e Marte é 2 vezes maior que a Lua. Na primeira foto, o artista mostra a Lua em suas dimensões normais. Abaixo você confere o resultado com os outros planetas: NETUNO Essa é a visão que teríamos se Netuno estivesse no lugar da Lua. Lindo, não? Foto: Reprodução / Ron Miller JUPITER


Júpiter tem quase 40 vezes o tamanho da Lua. Ele cert…

Astrônomos põem em xeque descoberta de planeta parecido com a Terra

Imagem
Planeta de Alfa Centauro B não é o primeiro mundo promissor a desaparecer nas sombras da incerteza Os coraçõescósmicos começaram a bater mais acelerados no último outono no Hemisfério Norte quando uma equipe de astrônomos europeus anunciou ter encontrado um planeta com massa comparável à da Terra orbitando ao redor da Alfa Centauro B, parte de uma estrela tripla que é a vizinha mais próxima do Sol, somente a 4,4 anos-luz daqui. Como afirmou na época Geoffrey W. Marcy, astrônomo da Universidade da Califórnia, campus de Berkeley: "É tão perto que quase que dá para cuspir lá." Segundo astrônomos, perto o suficiente para enviar uma sonda científica que nela chegaria durante nossas vidas. O novo planeta, somente a seis milhões de quilômetros de sua estrela, seria infernalmente quente para ter vida, mas, ainda de acordo com astrônomos, onde existe um planeta, devem existir outros, numa localização mais confortável para a vida.  Agora, no entanto, caiu uma ducha de água fria sobre o …

A Superfície derretida do planeta Vênus

Imagem
Créditos da Imagem: E. De Jong et al. (JPL), MIPL, Magellan Team, NASA Se você pudesse olhar através de Vênus com os olhos de um radar, o que você poderia ver? Essa reconstrução computacional da superfície de Vênus foi criada de dados obtidos pela sonda Magellan, ou em português, sonda Magalhães. A sonda orbitou o planeta Vênus entre 1990 e 1994. A Magalhães encontrou muitas feições superficiais interessantes em Vênus, incluindo grandes domos circulares, normalmente com 25 km de diâmetro e que são mostrados na imagem acima. Acredita-se que o vulcanismo criou esses domos, embora o mecanismo preciso de como isso aconteceu ainda permanece desconhecido. A superfície de Vênus é tão quente e hostil que nenhuma sonda que pousou em sua superfície para estudá-lo em detalhe, durou mais do que poucos minutos. Fonte:http://apod.nasa.gov/apod/ap130623.html

Os velozes ventos de Vénus estão ficando mais rapido

Imagem
O registo mais detalhado do movimento de nuvens na atmosfera de Vénus narrado pela sonda Venus Express da ESA revelou que os ventos do planeta têm ficado cada vez mais rápidos ao longo dos últimos seis anos. Vénus é bem conhecido pela curiosa super-rotação da sua atmosfera, que chicoteia em torno do planeta a cada quatro dias terrestres. Isto contrasta com a rotação do próprio planeta - a duração do dia venusiano - que demora uns laboriosos 243 dias terrestres. Ao seguir os movimentos de características distintas no topo das nuvens, cerca de 70 km por cima da superfície do planeta e ao longo de um período de 10 anos venusianos (6 anos terrestres), os cientistas foram capazes de monitorizar padrões a longo termo nas velocidades globais dos ventos. Quando a Venus Express chegou ao planeta em 2006, a velocidade média dos ventos no topo das nuvens a latitudes de 50º dos dois lados do equador rondava os 300 km/h. Os resultados de dois estudos separados revelaram que estes ventos já extremam…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...