Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 10, 2017

Descoberto misterioso PULSAR de anã branca

Imagem
Impressão de artista de AR Scorpii, o primeiro pulsar de anã branca descoberto. Crédito: Mark Garlick/Universidade de Warwick
Um sistema binário exótico a 380 anos-luz de distância foi identificado como um elusivo pulsar de anã branca - o primeiro do seu género a ser descoberto no Universo. Os professores Tom Marsh e Boris Gänsicke do Grupo de Astrofísica da Universidade de Warwick, com o Dr. David Buckley do Observatório Astronómico da África do Sul, identificaram a estrela AR Scorpii (AR Sco) como a primeira versão anã branca de um pulsar - objetos descobertos na década de 1960 e associados com astros muito diferentes chamados estrelas de neutrões. O pulsar de anã branca tem escapado aos olhares dos astrónomos durante mais de meio século.
AR Sco contém um remanescente estelar de rápida rotação chamado anã branca, que chicoteia a sua vizinha - uma anã vermelha - com poderosos feixes de partículas elétricas e radiação, fazendo com que todo o sistema brilhe e desvaneça dramaticamente a c…

Os 3 fenômenos astronômicos que ocorrem simultaneamente entre sexta e sábado

Imagem
O eclipse lunar penumbral deixa a Lua cheia menos brilhante, como se houvesse um véu diante dela © NASA/Robin Lee
É hora de tirar do armário binóculos e telescópios porque entre a noite desta sexta-feira e a madrugada de sábado três fenômenos astronômicos vão ocorrer quase que simultaneamente: um eclipse lunar parcial, uma Lua de Neve e a passagem do cometa 45P.  O eclipse lunar ocorre quando a Terra fica entre a Lua e o Sol. Este alinhamento faz com que a sombra da Terra seja projetada sobre a Lua. O que poderá ser observado neste fim de semana é conhecido como eclipse lunar penumbral: a Lua cheia vai perder um pouco do seu brilho intenso, como se houvesse um filtro ou véu na frente do disco lunar. Segundo a Nasa, a agência espacial americana, o eclipse vai poder ser visto esta noite na Europa, África, oeste da Ásia e no leste das Américas do Sul e do Norte. No Brasil, o fenômeno poderá ser observado de 20h34 às 24h53, pelo horário de Brasília de acordo com a Nasa. Agora ou daqui a 5 an…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...